terça-feira, 4 de novembro de 2008

Sapphire-spangled Emerald


Beija-flor-de-peito-azul
Local: Jardim Jorge Atalla - Jaú-SP
Data: 31/10/2008

3 comentários:

paulo guerra disse...

Beija-flor-de-peito-azul
(Amazilia lactea)

Ordem Apodiformes

Família Trochilidae



"Quase tão comum como o tesourão, este beija-flor não chama tanto a atenção das pessoas, talvez por ser menor, e por ter cores mais discretas. Além disso, parece ser mais tímido que seu parente maior, saindo menos da proteção da folhagem.

Seu ninho é uma tigelinha bem-feita, construída com paina, sementes plumosas e teias de aranha, e revestida por fora com liquens, sendo fixado com firmeza a um galho horizontal. Os dois ovos são incubados pela fêmea por catorze dias, e os filhotinhos permanecem 23 dias no ninho.

Visita flores para alimentar-se de seu néctar; em São Paulo, procura as flores de camarãozinho-vermelho, eucalipto, grevílea, ingá, malvavisco, paineira e sálvia. Também visita bebedouros com água açucarada, onde é muito agressivo contra outras espécies de beija-flores.

Ocorre por toda a cidade, tanto nas áreas verdes como em bairros residenciais com alguma vegetação arbórea.

Nota: desde que o texto acima foi escrito, em 2001, parece ter ocorrido uma grande diminuição nos números dessa espécie a cidade de São Paulo. Por exemplo, desde 2004 o beija-flor-de-peito-azul não é mais visto no bairro do Planalto Paulista, na zona Sul da cidade, onde anteriormente era observado praticamente todos os dias."

Argel, M., 2006. Beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea). In: www.marthaargel.com.br. Acessado em 25/11/2008.

Ala Delta disse...

Hola: Me encanta su blog. Se lo sigo en esta foto del beija-flor-de peito-azul porque es especial para mí.Gracias por las explicaciones.

paulo guerra disse...

Gracias!