sábado, 28 de janeiro de 2012

o garoto e a garça



Em um certo dia, um jovem garoto observava pássaros em um parque de uma grande metrópole. 
Enquanto fazia anotações entre uma espécie e outra avistada, ouviu uma voz suave soar em sua direção: 
- Ei garoto, ei você! 
Quando o jovem se virou, viu-se de frente com uma bela garça branca. Encantado com aquela imponente ave falante, logo respondeu: 
- Você falou comigo? 
- Sim é claro, respondeu a garça. Há mais alguém por perto por acaso? 
- Não somente a senhora. 
- Você é um ser humano diferente... não atira pedras em nós, nunca nos aprisionou em gaiolas e está sempre por aqui nos admirando. 
Por isso, em nome de todas as aves, venho agradecer a você e a todos os humanos iguais a você. E que pena que são tão poucos... 
- Ganhei o dia, disse o garoto com um grande sorriso na face. venho aqui ver os meus queridos pássaros e ainda arrumo uma amiga garça que fala! 
Terminado aquele mágico e inusitado encontro, o jovem se vira de costas e parte em direção a saída do parque. antes de atravessar o portão, ele dá uma meia volta 
e acena para a sua mais nova amiga dizendo: 
- Tchau dona garça, obrigado, eu sou somente um observador de pássaros! 
E a garça em um tom irônico prontamente lhe responde: 
- E eu pequeno jovem, sou somente uma observadora de homens! 

Texto de Rodrigo Goes através da divulgação de Miguel Magro


Um comentário:

joão marcelo da costa disse...

Que graça PG, muito bom! :)