quarta-feira, 27 de junho de 2012

Virtude AG

Observação de aves, ou birdwatching, é o passatempo de quem gosta de observar as aves. Muita gente admira aves sem nunca ter ouvido essa palavra, mas “birdwatching” envolve alguns detalhes que ajudam a ver mais de perto e saber mais sobre a ave. A maioria das aves não permite que as pessoas se aproximem muito. Observá-las a olho nu não é fácil: mesmo que seja uma ave linda, você só vê um pontinho colorido. No caso de uma ave maior como um gavião, a olho nu não é possível observar os detalhes. Mas observá-las com um binóculo ou luneta, ou registrá-las com uma câmera com zoom é muito mais emocionante. No mundo todo, milhões de pessoas se divertem com um binóculo ou luneta, e agora cada vez mais com as câmeras. Só os Estados Unidos têm 48 milhões de birdwatchers, 1/4 da população acima de 16 anos. Os Estados Unidos, Inglaterra e outros países têm a tradição de observar o comportamento e a beleza das aves sem precisar fotografar ou gravar. No Brasil, a maioria dos birders usa uma câmera e não um binóculo. O Brasil é top 3 em diversidade de aves, com mais de 1.800 espécies. Somos um destino famoso mundialmente, mas os próprios brasileiros só começaram a descobrir essa riqueza há pouco tempo. Estimativa de mais de 15 mil brasileiros praticando birdwatching. Um número ainda modesto, mas que cresce rapidamente impulsionado pelas câmeras digitais e redes sociais. O Wikiaves, o maior site de aves brasileiras, tem (mar/12) quase 10 mil usuários cadastrados e uma média de 4 mil pessoas acessando o site diariamente. Este texto e muito mais está no Virtude AG

Um comentário:

Claudia disse...

oi Paulo, obrigada pela divulgação! Venha participar com mais posts. Você viu o sorteio de um cartão CF para quem divulga o birdwatching? Venha contar um pouco sobre o seu trabalho na divulgação, exposições, escolas. Abração!