sexta-feira, 3 de julho de 2009

mocho-dos-banhados



Mocho-dos-banhados
Local: zona rural - Jaú-SP
Data: 16/05/2009
Maiores informações WikiAves
.

Esta espécie não corre risco de extinção no Brasil, mas está seriamente ameaçada no estado de São Paulo. Neste dia, que fiz este registro(por sinal raro), provavelmente estava com ninho, pois descreveu voo em movimentos circulares em minha direção. Este local, está sendo "invadido" por ruas, avenidas e um loteamento caríssimo para os padrões da cidade. Voltei 5 ou 6 vezes, não encontrei mais esse mocho. Provavelmente abandonou o ninho pela movimentação intensiva de máquinas e tratores e até mesmo a presença agressiva de algum "ser humano". Jaú necessita de um programa, uma campanha urgente, séria de preservação de sua avifauna.
Reiterando, este é um apelo que faço publicamente, estamos mais que na hora de acordamos para as nossas riquezas reais. As autoridades locais devem começar a mobilizar e evidenciar esforços neste sentido.

5 comentários:

Luiz Álvaro disse...

grande foto. desses eu nunca vi.
parabéns

paulo guerra disse...

Luiz, essa espécie não corre risco de extinção no Brasil, mas está seriamente ameaçada no estado de São Paulo. Neste dia, que fiz este registro, provavelmente estava com ninho, pois descreveu voo com movimentos circulares em minha direção. Este local, está sendo invadido por ruas, avenidas e um loteamento caríssimo para os padrões da cidade. Voltei 5 ou 6 vezes, não encontrei mais esse mocho. Provavelmente abandonou o ninho pela movimentação intensiva de máquinas e tratores e até mesmo a presença agressiva de algum "ser humano". Esta área fica, não muito distante da Fazenda Pouso Alegre de Cima, do outro lado da pista em direção à cidade.
Jaú necessita de um programa, uma campanha urgente, séria de preservação de sua avifauna. Abraço do amigo

paulo guerra disse...

Reiterando, este é um apelo que faço publicamente, estamos mais que na hora de acordamos para as nossas riquezas reais. As autoridades locais devem começar a mobilizar e evidenciar esforços neste sentido.

Daniela Lima disse...

Paulo a especulação imobiliária faz pouco caso da destruição dos hábitats das espécies animais e vegetais de modo geral, muitos relatórios são adulterados justamente para viabilizar as obras... tive um amigo que trabalhava em uma empresa e descrevendo o relatório de uma área, detectou fezes de gato do mato, quando ele inseriu o dado no relatório, o superior dele pediu que ele retirasse porque a obra não seria aprovada! Ele não aguentou a pressão e pediu demissão, afinal de contas, fizemos um JURAMENTO, mas muitos acabam esquecendo disso e emitem relatórios falsos! Linda a ave!!
Fiz um post sobre as categorias de espécies ameaçadas de extinção!!!

Luiz Álvaro disse...

Paulo, o trabalho que você tem feito de apresentar as aves de Jaú, já é uma iniciativa sensacional. Tem gente aí que não tem a mínima idéia da diversidade que ainda existe e pode ser preservada, pelo menos em alguns espaços. Por exemplo: a área da sede da Fazenda Pouso Alegre de Cima, com uns 5 ha, (o que sobrou da fazenda) é um oásis no meio dos canaviais e ainda tem uma diversidade de aves que me surpreendeu. Mesmo nas zonas urbanizadas, se houver uma arborização bem feita, maciça e alguns espaços preservados.